segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

bíblia, o biblo dos biblos

Questionam-me os meus conhecidos - amigos, talvez - porque é que gosto tanto da bíblia, se sou ateu, "anti-católico" - anti-católico entre aspas, que eu, salvo raras excepções, não sou anti nada. Anti, dizem eles que eu sou. Sou simplesmente indiferente aos católicos, como sou aos muçulmanos, judeus, hindus, budistas, etc., até ao momento em que me queiram envangelhizar. Aí sou anti, anti, anti, mui anti! Que me deixem em paz; e desde que não me venham perguntar porque é que eu não vou às suas sagradas casas de oração, eu também não lhes vou perguntar porque é que vão...
Gosto da bíblia, como gosto do alcorão. Como documentos históricos, antropológicos, etc., são preciosos livros. Deixo um excerto com que me delicio. É um excerto do terceiro livro da Bíblia, o Levítico (e faz parte do Pentateuco - o conjunto dos cinco primeiros livros: Génesis, o meu preferido; Êxodo; Levítico; Números; e Deuteronómio). O principal tema deste terceiro livro é a regulamentação do culto entre os Hebreus. O nome deriva da tribo de Levi, que foi a escolhida para o serviço litúrgico. Aqui fica então: Édouard-Henri Avril Zoofilia pintura
Guardai as Minhas leis e cumpri-as. Eu sou o Senhor que vos santifica. Todo aquele que amaldiçoar o seu pai ou a sua mãe será punido com a morte. Almadiçoou o seu pai ou a sua mãe e mereceu o suplício. Se um homem cometer adultério com a mulher de um outro homem, com a mulher do seu próximo, o homem e a mulher adúltera serão punidos com a morte. Se um homem coabitar com a mulher do seu pai, descobriu assim a nudez do seu pai; serão ambos punidos com a morte e merecem o suplício. Se um homem coabitar com a sua nora, serão ambos punidos com a morte; procederam desregradamente e merecem o suplício. Se um homem coabitar sexualmente com um varão cometeram ambos um acto abominável; serão punidos com a morte e mereceram o suplício. Aquele que desposar uma mulher e a mãe dela, comete uma desonestidade; serão queimados, ele e elas, para que não haja desonestidades entre vós. Se um homem se ajuntar com um animal, será punido com a morte, e matareis o animal. Se uma mulher se aproximar de um animal para se juntar com ele, mata-la-ás, assim como ao animal; serão condenados à morte e mereceram o suplício. Se um homem desposar a sua irmã, filha do seu pai ou filha da sua mãe, e se vir a sua nudez, ou ela vir a nudez dele, isso é um incesto e serão exterminados na presença dos seus concidadãos; ele descobriu a nudez da sua irmã e suportará o peso da sua iniquidade. Se um homem coabitar com uma mulher que esteja com indisposições, ao descobrir a sua nudez, descobre o seu fluxo e ela mesma descobre a sua imundíce; serão ambos eliminados do meio do povo. Não descobrirás a nudez da irmã da tua mãe, nem da do teu pai, porque é descobrir a nudez da sua parente; suportarão o peso da sua iniquidade. Aquele que coabitar com a tia, descobriu a nudez do tio; expiarão o seu pecado e morrerão sem filhos. Se um homem tomar a mulher do irmão, isso é uma impureza; descobriu a nudez do seu irmão, morrerão sem filhos. (Lv 20, 8-21)
Imagem: Zoofilia, de Édouard-Henri Avril. Mais sobre este pintor aqui, aqui e aqui. E cuidais, vós que ledes este post, que não estáis também condenados à morte por causa das vossas iniquidades? Lestes este blog, mereceis o suplício...

3 comentários:

  1. Não sou crente mas já li a biblia e gostei. São poucos os católicos praticantes que já alguma vez leram a biblia.
    Temo bem que este excerto que aqui apresentas seja uma das razões de tantos crimes e preconceitos ao longo da história. Estas leis ainda são seguidas em muitos países islâmicos.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. tenho consciência disso, special k., mas para vivermos neste mundo-cão temos que encarar as coisas com uma considerável dose de ironia... Quanto aos países islâmicos, quando me apetecer já aqui publico um excerto do (Al) Corão. Há lá passagens dignas de um enorme sorriso irónico... Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Por alguma razão a Bíblia é considerada o "livro dos livros"...
    Abraço.

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado