domingo, 4 de novembro de 2007

devaneio depressivo #10-03-23 ou #10-03-24

Quando olho para o passado só vejo um imenso buraco negro, escuro como breu, uma longa noite sem dormir. Viro-me para o futuro, e a escuridão parece-me ainda mais profunda. O presente é isto: sento-me à secretária, a olhar para uma página em branco, sem pensar em nada ... pensar dói como uma ferida no estômago...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado