quinta-feira, 31 de maio de 2007

(nostalgia)*

O meu amigo já se foi embora há seis anos com a sua ovelha. Se o tento descrever, é só para não me esquecer dele. É tão triste esquecermo-nos de um amigo! Nem toda a gente teve um amigo na vida! E depois, posso ficar como as pessoas grandes que já não se interessam senão por números. ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY, In. O Principezinho *É o que a leitura d' "O Principezinho" me provoca. Há alguns anos, mais de dez, talvez quinze, depois de ler este livro, decidi que tinha que ler todos os livros de Antoine de Saint-Exupéry. Um dia, há cerca de sete anos, entrei numa livraria, onde me deparei com eles todos... Como três deles eram da colecção de livros de bolso das Publicações Europa-América, a soma não era muito grande, pelo que nem pensei duas vezes... Nunca passei do primeiro capítulo de nenhum deles!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado