segunda-feira, 30 de abril de 2007

o meu fim-de-semana

Os meus caros amigos... leitores... visitantes... terão, talvez, reparado que nos últimos dias este blog esteve um tanto ou quanto parado... O motivo, se clicarem na imagem deste post, poderão sabê-lo prontamente. Explico: reencontrei um antigo vício... Alguém (ou automáticamente) adicionou o meu blog ao índice do Blog$hare... Em conseqüência disso, alguém visitou este blog, a partir daquele site de jogo virtual na bolsa de blogs... Quando em meados de 2003 criei o meu primeiro blog - pesavam que este era o primeiro? - logo descobri esta bolsa, e passava horas a jogar... Mas não conseguia fazer dinheiro nenhum, pelo que rápidamente desisti! Nestes últimos dois dias, consegui crescer - como poderão constatar, clicando na imagem - 1,151,094,641.24% - passando dos B$500 iniciais, para B$5,755,992,643.59!!! Estou podre de rico! Se fosse real, dividia convosco... Mas é virtual... Por isso me ausentei! Isto explicado, digo que escrevi algumas palavras com uma acentuação que alguns (quiçá todos) de vós irá achar estranho... É o meu humilde protesto contra o acordo ortográfico, porque eu cá não deixarei de escrever as consoantes mudas, isso é que não. E tão pouco me importa que os Brasileiros o façam. Não deixo de os ler por causa disso! E se acaso eles não lêem os autores portugueses, não é por causa de alguns ajustamentos ridículos que vão passar a fazê-lo... Enfim, devaneios próprios das 3:33... Aproveito este post igualmente para agradecer ao Rui a referência que fez ao meu livro... A propósito de ortografia, alguns Egitanienses (habitantes da Guarda) escrevem "Viva á Liberdade" porque é como se lê "Viva a Liberdade"...

2 comentários:

  1. Espero que para o próximo fim-de-semana a justificação para a ausência de posts seja ligeiramente diferente: que tenhas estado por Coimbra! ;)

    Cá te espero...

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. És viciado em tudo, chiça, quando é que largas as drogas?

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado