quinta-feira, 1 de março de 2007

(...) aos olhos da lei e da generalidade da sociedade, casamento e família há muito deixaram de ser sinónimo de reprodução. Não existe nenhuma exigência de procriação para que se possa realizar (ou manter) um matrimónio civil, consequentemente, se se veda o casamento a homossexuais isso deve-se não a um qualquer argumento jurídico ou biológico, mas sim a pura e simples homofobia, por muito bem disfarçada que seja. Trata-se do mesmo tipo de discriminação que em tempos impediu a união legal entre pessoas de religiões ou de raças diferentes e que hoje tão ultrajados estariamos se fossem ainda vigentes ou se se decidisse criar casamentos especiais com outro nome para pessoas com cor de pele ou etnias diferentes...
Pode ler este post completo, no blog Coroas de Pinho.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado