terça-feira, 7 de julho de 2009

MULTA

O dia 06 de Julho de 2009 ficará na minha memória como o dia em que apanhei a primeira multa - depois de 9 anos de carta. Fica também na minha memória como o dia em que vi dois polícias discutir se haviam de aplicar ou não a dita* - triste país este em que dois policías discutem se devem ou não aplicar a lei! - apanhado em flagrante delito - telemóvel na orelha - o que queriam, rapazes? Infelizmente, neste País a Lei é só para alguns, e de acordo com a disposição de quem tem por obrigação fazê-la cumprir! Sou um Ser Livre, e como Ser Livre que sou, sou Responsável, conheço os meus Direitos e Deveres, conheço as Consequências dos meus Actos! Livremente, marimbei-me para a Lei, como - neste caso específico - passo a vida a marimbar-me! Gostaria de ter sido multado Livremente! Mas assisti a uma cena que - além de me fazer perder tempo - me deixou mal duplamente indisposto! Não bastava já a indisposição dos Euros que vão para os cofres deste País da treta, ainda ter que assistir a cenas terceiro-mundistas...


*De referir que, em momento algum, tentei esquivar-me à mesma...

5 comentários:

  1. Toma cuidado!!!
    Digo isto porque depois de ter sido apanhado a primeira vez, levei logo mais duas multas, de rajada. Duas delas foi numa semana - rebocaram-me o carro. A terceira foi bem pior. Com um carro da GNR atrás de mim, passei um traço contínuo para virar à esquerda...

    ResponderEliminar
  2. Segundo-mundista, vá! Terceiro mundista é, como já uma vez escrevi algures na blogosfera, ultrapassar pela direita (num país onde se conduz pela direita) em excesso de velocidade, e acabar multado... por ter a matrícula suja!!!

    ResponderEliminar
  3. Eina eina, ficaste mesmo revoltado! Deixa lá, eu em 6 anos já conto com uma de estacionamento, uma de excesso de velocidade e quase uma de telemóvel na orelha não fosse o senhor GêNêRê um velho amigo meu! Como vês não estás mal!
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Aqui no Brasil não é tão diferente. Aqui nos chamamos isso de "A Empresa da Multas". Multar em São Paulo e nas grandes cidades, virou algo lucrativo para as prefeituras.

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado