sábado, 11 de abril de 2009

BALANÇO TRIMESTRAL

Após haver decorrido o primeiro trimestre do ano 2009, é momento de fazer o balanço. Tendo como referência o orçamento apresentado a 7 de Janeiro, e após numerosos e minuciosos cálculos, os dados obtidos não dão margem a qualquer tipo de dúvida: a estagnação é maior que a das águas de um paúl, havendo mesmo o risco de entrar em recessão, que é como quem diz (fazendo uso do eufemismo politicamente correcto): crescimento negativo. Perante este cenário vemo-nos na obrigação de diminuir o tamanho dos sonhos, não sabendo ainda se, para sobreviver a esta crise, não seremos mesmo obrigados a deixar de sonhar. Neste momento de imprevisibilidade ainda não dispomos de dados que nos permitam fazer previsões de uma data para o início de um novo ciclo: a esperada retoma. Não quero alimentar-vos ilusões, a depressão pode ir de instantes a anos. Não sabemos se é Aguda, Grave, ou Crónica. Porém, de uma coisa temos a certeza: para recuperar desta depressão, o mundo não precisa de economistas, banqueiros, empresários ou governantes! Aquilo de que este mundo precisa é de psicólogos e psiquiatras: este mundo é louco!


Imagem de Javier Jaén

5 comentários:

  1. Antigamente um psiquiatra ou um psicologo era visto como alguém que tratava de pessoas com doenças mentais. Hoje não é assim em todos os casos. As pessoas que se avaliam mal, devem procurar ajuda especializada: um psicologo nao vai dizer o que fazer, mas aponta caminhos para soluções que se encontram em nós mas que, subjugados pelos nossos próprios mecanismos psicológicos, não apenas nao nos conhecemos como julgamos que aquilo que os outros nos dizem é pura estupidez e ignorãncia. Não é por acaso que muitos vão a uma consulta e nao voltam lá mais porque fazem uma negação ao que o psicólogo ou psiquiatra lhes disse.

    É como dizes metaforicamente: precisamos de psicologos e psiquiatras porque o mundo está todo louco, mas nao tem apenas a ver com a crise. A formação humana, os valores, tudo leva a estes Maadoffs que depois inspiram outros e a outros Fritz(éis) que nos fazem desacreditar o género humano.

    Aquele abraço e vê o filminho que postei agora: nao nos deixa tao pequenos face àquilo que achamos grande na vida?

    Boa Páscoa, André.

    ResponderEliminar
  2. Caro André ,que o mundo está doente,infelizmente é verdade,me parece.A maioria das pessoas estão atoladas num consumismo sem razão.e digo isso não para ser politicamente correto.Mas existem é claro,milhões de heróis da resistência.
    Quanto à crise,aqui no Brasil,a economia,dizem as previsões,vai despencar de um crescimento de 6% para 0,este ano.E o governo acaba de emprestar 10 bilhões de dólares ao FMI(!!!),para ajudar a salvar os países do leste europeu.Este mundo dá mesmo muitas voltas.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Caro André
    Completamente, com ou sem crises...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  4. Este mundo já há muito que é louco...
    O que se pode esperar do ser humano?!

    ResponderEliminar
  5. Caro André:
    O nosso bem-haja pela tua mensagem. De facto aquele post do dia 1 de Abril era mesmo de 1 de Abril. No entanto não escondemos que às vezes temos algumas ocasiões que nos dá mesmo para desistir. Mas outras, dá-nos uma gana para continuar este combate difícil e pouco simpático. É muito difícil combater o politicamente correcto e como sebes ter razão num Concelho como o de Pinhel nem sempre é fácil pois os poderes instituídos criaram uma rede de dependências que é difícil convencer.

    Saudações Pinhelenses*****

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado