sábado, 28 de fevereiro de 2009

DE PROFUNDIS - OSCAR WILDE

Porque quando me deixo levar pelo compulsivo consumismo, nunca deixo a coisa por metade, hoje comprei também a única obra de Oscar Wilde que, embora já tivesse lido, ainda não tinha comprado. De Profundis. 11€! Estão caros os selos!

8 comentários:

  1. DE PROFUNDIS é uma das mais belas peças de humanismo que ja li... E é apenas uma carta que entretanto o neto guardou e fez publicar...

    É divino. É uma vida de experiencia e ensinamento sobre o amor...

    ResponderEliminar
  2. André quase não acredito que ainda não possuísses o "De Profundis"...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Olá Daniel. é realmente profundo. mas não acredito que tivesse sido concebido apenas como uma carta. julgo que a carta foi o pretexto. o Oscar pensava antes de mais na sua publicação enquanto obra, creio. Abraço

    ResponderEliminar
  4. Pois amigo Pinguim, é quase inacreditável, mas o ritmo da respiração financeira só agora me levou a adquirir esta obra. O que é deprimente, de facto, só agora a possuir... Abraço

    ResponderEliminar
  5. Olá Restelo, boas certamente, mas caras!

    ResponderEliminar
  6. caro André,De Profundis,eu acho,além de ser uma das mais impressionantes cartas de amor publicadas,é também um testemunho da grandeza do ser humano,que mesmo em meio à dor mais profunda,analisa-se e se reconhece como tal,mesmo na desilusão mais completa.Bosie ,hoje talvez seja conhecido como aquele qye "destruiu" a vida de um grande escritor,como poeta,não passa de mais um.Wilde ,como diz Richard Ellman,é um de nós,pertence muito mais ao nosso mundo que à triste época vitoriana.Você já leu a grande biogarfia de Wilde por Richard Ellman?
    A propósito,seu blog éum dos melhores que conheço na nossa língua.Que você acharia de ser indicado ao prêmio dardos de excelência? Eu o recebi a vou passa-lo a você,como um dos meus dez indicados.Você bem o merece.
    um abraço do james(minha literatura agora)

    ResponderEliminar
  7. olá James, obrigado pelo comentário, e pelo prémio. já o coloquei na estante, alguns posts acima... Ainda não li a biografia que referes, nem nenhuma biografia; exceptuando casos pontuais, raramente me interesso pela biografia dos escritores e poetas que leio, que admiro, que gosto. Só a sua arte me interessa. Abraço

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado