domingo, 4 de janeiro de 2009

RESOLUÇÕES PARA 2009*

*Foi em Março de 2003 que a minha última máquina fotográfica disparou. Depois eu tombei para trás e ela caiu comigo. Em casa ainda tenho uma dezena de rolos - alguns dos quais usados, mas nunca revelados. Essa máquina acompanhou-me durante dez anos, e quando eu tombei ela tombou comigo. Era uma daquelas pessoas que gosta de fotografar tudo e mais alguma coisa, o imenso e o pormenor, o sorriso e o horizonte. E não tivesse sido esse tombo, o meu e o da máquina, não me imagino a passar seis anos sem tirar uma única fotografia. A verdade é que já passaram. A única verdade do tempo é que o tempo passa. Parafraseando Shakespeare, o tempo não pára para que nós nos levantemos. Mas, se o tempo não pára, o melhor que podemos fazer é ir tirando algumas fotografias, não para agarrarmos alguns momentos da nossa existência, mas para os não deixarmos partir de dentro de nós.


E se um dia não suportarem mais "aquelas" fotografias, não façam como eu, que as rasguei e deitei os negativos fora. Guardem-nas numa caixa (ou numa pen ou cd)... Um dia talvez vos apeteça voltar a elas, nem que seja apenas uma "última" vez...

4 comentários:

  1. 6 anos sem tirar uma só fotografia? Grande tombo, eu não consigo sequer imaginar....

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o comentário do MT.Tanto tempo...e adoro passado alguns anos, soprar o pó dos albúns e vasculhar as fotos, é como se viajasse no tempo, independentemente de na altura ter ponderado tb rasgá-las ou queimá-las, mas ainda bem que não tive coragem.
    Um feliz ano de 2009!
    E espero que com este novo ano, renasça a vontade de mais um click!
    Beijão.

    ResponderEliminar
  3. Olha MT, quando penso no assunto (que me dá valente agonias) nem eu próprio consigo imaginar; quer dizer, imaginar como foi possível... o tombo e os seis anos! mas o tombo foi 6 anos antes, só que andei 6 anos em desiquilibrio a tentar agarrar-me... até que caí... e a máquina fotográfica comigo: numa noite de desespero e bebedeira... Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Olá Estrela Cadente, olha eu nisso não sou de meias medidas. As fotos que tenho em casa contam-se pelos dedos... desfiz-me de todas, rasgando queimando e dando algumas para que, enfim, pudéssem sobreviver...

    Estou com um feeling que 2009 vai mudar muita coisa... no final do ano faremos o balanço!

    Beijinho

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado