segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

LUIZ PACHECO



Pensar que Luiz Pacheco morreu há um ano, e eu continuo sem coragem para ler uma única das suas obras, embora andem para ali para a estante colectâneas de textos seus, até em folhas A4 impressas a partir de ficheiros manhosos de qualidade duvidosa e obviamente piratas... (mais vídeos no blog O Funcionário Cansado)

10 comentários:

  1. Bem lembrado.

    Sobre o Pacheco escrevi isto - http://ohomemquesabiademasiado.blogspot.com/search?q=luiz+pacheco

    Saudações,
    VA

    ResponderEliminar
  2. Obrigada e um Bom Ano para ti também.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Ao menos a Margarida Rebelo Pinto plagia-se a si própria...

    ResponderEliminar
  4. É, o Luiz Pacheco faz falta, muita falta!

    Há um ano dediquei-lhe um pequeno texto, que continua actual (pelo menos, para mim)

    http://kcultura.blogspot.com/2008/01/in-memoriam.html

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelos votos, André! Também a ti desejo um feliz 2009!
    E vê lá se ganhas coragem tiras o pó às páginas dos livros que por aí tens do LP, sim?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. olá Victor, já estive a ler os teus textos. Abraço

    ResponderEliminar
  7. ola bipede, obrigado pelo comentário e visita. abraço

    ResponderEliminar
  8. pinguim, mas não é sonâmbula, o que era muito mais engraçado! abraço

    ResponderEliminar
  9. olá kapitão kaus, li e gostei muito do teu texto. abraço.

    ResponderEliminar
  10. olá denise, sou um tipo um pouco complicado ;-) sabes, o estilo de vida do LP atrai-me tanto, embora eu seja certamente o oposto (excepto no facto de ser uma pessoa errática) que evito mesmo lê-lo... é que ele, pelo que diz quem leu (eu li apenas aquele texto em Braga, não me recordo do título) colocava-se todo nos seus textos... beijinhos.

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado