sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

LIVROS #2

Não tenho tempo para ler todos os livros que... Tempo até tenho, o que não tenho é disponibilidade, chego a casa cansado, desperto cansado,  tomo café atrás de café para me manter acordado... Não que ler nos torne pessoas melhores; embora exista essa ideia-feita que as pessoas que lêem são melhores pessoas; talvez mais cultas, no sentido de mais conhecedoras; talvez com um amplo e vasto léxico, ainda que muitas vezes sirva somente para disfarçar a vacuidade do pensamento, enfeitando o discurso com belos e sonantes vocábulos, daqueles de cinco milhões, mais caros que uma biblioteca; mas melhores pessoas? Diferentes, talvez. É possível que sim. É impossível saber. Não sei quem seria, como seria, se não lesse. Talvez fosse exactamente a mesma pessoa; impossível saber. Porque afinal só temos uma vida, e todas as nossas experiências são únicas e irreplicáveis.
De cada vez que lemos um livro é a primeira vez que o lemos, mesmo aqueles que relemos. Mesmo aqueles que relemos em busca de uma sensação que julgámos invadir-nos, que julgámos capaz de nos melhorar, e afinal ficou tudo na mesma. Porque um livro é só um livro, e uma pessoa é só uma pessoa. E como todos intuímos, uma pessoa não é uma coisa a tender para o bom. De vez em quando dá-se o caso... Dá-se o caso de livros e pessoas se cruzarem, e de durante esse feliz encontro darem um sentido à sua existência. E pressentir um sentido para existir é meio caminho para ser. Melhor, quem sabe...


A imagem é de um postal enviado para o Post Secret.


Livros #1

14 comentários:

  1. André Benjamim... há muitas pessoas a tender para o bom! e tu sabes disso!
    Aquele abraço.

    ResponderEliminar
  2. Ler é uma opção para aprender alguma coisa nova sem ter que sair de casa. :)

    ResponderEliminar
  3. "nunca se está só quando acompanhado de um livro"

    :)


    Acompanha te :)

    ResponderEliminar
  4. Olá Margarida, olha, eu durmo acompanhado por mais de um milhar dessas coisas com folhas, que me dão a volta à cabeça (e à carteira), e se dão pelo nome de livros. o post acima é apenas um devaneio, não significa que eu concorde ou não com o que é dito... eu digo muitas vezes muitas coisas com as quais estou em absoluto desacordo... mas, ler fará das pessoas que lêem melhores pessoas? haverá uma relação entre ler e ser melhor pessoa? para nós, aqueles que lemos, é fácil e agradável pensar que sim... mas será mesmo?

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. olá Brasil na Itália. Tens razão. Eu pessoalmente sempre preferi ler fora de casa (ou altas horas da madrugada); infelizmente a minha vida presente não me permite tal. tenho lido menos, e isso tem-me deixado angustiado... Abraço

    ResponderEliminar
  6. Olá Josuué, discutimos isso no msn, ou na PARTY, entre duas cervejas e o Poker; ou a Lerpa, tanto vaz. Não seremos melhores pessoas, mas pelo menos mais ebriamente contentes... Abraço.

    ResponderEliminar
  7. Duvido que faça de nós pessoas melhores. Acredito é que a companhia que um livro faz, faça de nós pessoas menos amargas [a solidão é lixada] e pessoas amargas - já se sabe - não são boas pessoas.

    :)

    ResponderEliminar
  8. Gostei do que escreveste.
    Independentemente de achar ou não que ler torna as pessoas melhores. Nunca pensei nisso a sério. Mas talvez não.

    ResponderEliminar
  9. olá Margarida, concordo com o que dizes, embora existam livros que nos deixem verdadeiramente angustiados. beijinho

    ResponderEliminar
  10. olá Mnemósine, talvez faça umas pessoas melhores, outras piores, a outras não façam nada. todas as hipóteses estão em aberto. não creio que exista uma relação, mas quem sabe. beijinho

    ResponderEliminar
  11. Pois. Eu e os livros, os livros e eu temos uma grande relação. Damo-nos muitíssimo bem e não imagino o meu dia-a-dia sem um livro. É verdade que não são os livros que fazem com que sejamos pessoas melhores, mas sinto a necessidade de estar embrulhada em emoções e em histórias diferentes daqueles em que me meto no meu quotidiano. Sinto a necessidade de admirar personagens e de desejar determinado momento, determinado objecto, determinado local. Projectar os meus sonhos numa determinada pessoa, mesmo que seja fictícia. Já chorei com livros, já aprendi com livros e já li um livro num dia. Gosto muito. Gosto desta viagem que não tem preço e que nos deixa embarcar sem nenhuma exigência :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. olá
    resistir ao amargo da vida, sua dores e ânsias, amores e desamores
    sobrevivendo
    permitir q a viagem prossiga
    e
    o sonho
    seja sonhado (ao menos)
    como?!
    lendo
    lendo lendo

    belo trabalho!

    :)

    ResponderEliminar
  13. Olá Marta, também o meu sentimento, e relação com os livros é semelhante à que tu descreves. é por gostar tanto (demasiado) de livros que por vezes gostava de não gostar tanto. julgo que tenho um amor obsessivo por eles.

    as minhas desculpas pela demora na resposta. beijinho.

    ResponderEliminar
  14. Olá Tecnenfermaginando, Obrigado pela visita e comentário e as minhas desculpas pelo atraso. Ler é viver outras vidas... Abraço

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado