sábado, 31 de janeiro de 2009

AMIGO*

Porque sonho contigo?
Tenho para comigo
que te chamei
- mas já não sei -
«amigo». Se vieste,
se respondeste
- que disseste? -

Tenho para comigo
que te sonhei
- que te quis! -
Mas de ti não sei,
- que te fiz? -
O que tenho,
É um sonho antigo.


*Celebra-se nos Açores, a 29 de Janeiro, o Dia dos Amigos. Deixo aqui este poema, que já antes postara no blog. Para o caso, só para o caso...

14 comentários:

  1. Porquê só nos Açores?
    E principalmente porquê só um dia no ano?
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Não tenho a mais pequena das ideias; todos estes dias me intrigam... Abraço

    ResponderEliminar
  3. por acaso já fiz/tive alguns jantares de amigos (por causa do dia do amigo..)..! mas lá está..sugeridos por açorianos..!

    bj

    ResponderEliminar
  4. É bom rever os amigos.
    Um grande abraço para ti.

    ResponderEliminar
  5. Oh, tão bonito... Faz do sonho uma realidade... sai das palavras ;)

    hugs'n'smiles

    ResponderEliminar
  6. Amigo que veio
    E amigo que partiu.
    Amigo próximo,
    Amigo que não mais de viu.

    Amigo que agora tens tal nome,
    Amigo que poderá perdê-lo:
    É só o hoje que conto
    Nessa minha amizade inventada.

    ResponderEliminar
  7. É um poema muito bonito, mas concordo com o Pinguim.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. olá iAna jantares de amigos é a qualquer hora; por causa do dia do amigo nunca participei em nenhum... um dia destes... beijinho

    ResponderEliminar
  9. olá special k, ainda bem que regressaste à tua casa virtual, já tínhamos saudades. abraço

    ResponderEliminar
  10. olá Daniel. Obrigado. Eu, pela minha parte, sinto-o como facadas espetadas no peito... abraço

    ResponderEliminar
  11. Olá Abdoul, obrigado pela visita, pelo comentário, e pelo poema que aqui deixaste (é teu?). Abraço

    ResponderEliminar
  12. Olá Marta. Continuo sem saber responder. Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Bonito, o poema e a iniciativa também. Gosto de ler e de saber destas coisas, porque me identifico com elas. Obrigado!

    ResponderEliminar
  14. Olá Luis. Obrigado. Vejo apenas um defeito nestes dias: não devia ser preciso que existissem; porque nunca havíamos de ter que nos lembrar dos nossos amigos; eles haviam de estar sempre por perto! Mas, enfim, "escolhemos" esta maneira humana de viver em sociedade... Abraço forte

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado