terça-feira, 18 de novembro de 2008

REVISTA "PRAÇA VELHA", N.º 24 - CONVITE

Recebi em casa um convite que reza exactamente assim (sem dois pontos; têm é que clicar para poderem ler); um convite pessoal, que é universal. Nesta lógica, estendo o convite que me foi dirigido a todos e a todas que por aqui passem. Eu estendi-lo-ia a toda a gente, mesmo àquelas pessoas que por aqui não passam, mas isso seria um não-convite; ou um desconvite; seria um pouco rude, não era? E depois, se andássemos todos pelas mesmas ruas, além de todas as outras ruas não fazerem sentido, as nossas pacatas ruas ficariam intransitáveis...


Dia 28 de Novembro, Guarda, no Paço da Cultura, pelas 18 horas. Vá, apontem nas vossas agendas, ou onde quiserem, desde que não se esqueçam.


Deixo já aqui o convite, apesar de ainda faltarem 10 dias, para o caso, imprevisível, de aqui não voltar. Também tendo em pensamento essa eventualidade, deixo aqui um link para o blog de duas amigas pintoras: o meu mundo de expressões.

2 comentários:

  1. ei... mas não é "falta de educação" retransmitir convite?
    hehehhe

    ResponderEliminar
  2. Sendo um convite público, (ao público) com entrada livre, aberto a toda a gente, julgo que não é tanto a (re)transmissão de um convite, mas mais o (re)encaminhamento da informação... em todo o caso é um ponto de vista a ter em consideração! Abraço.

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado