segunda-feira, 13 de outubro de 2008

vezes demais...

«Às vezes dá-se o caso de não se conhecer aquilo que obscuramente se deseja, mas sabe-se que se vai falhar o alvo; e então, deixa-se a vida escoar-se como num quarto trancado onde impera o medo.»

Robert Musil, “A tentação de Verónica, a serena”, in op. cit., pág. 198. [descaradamente roubado daqui]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado