segunda-feira, 30 de junho de 2008

WOMAN IN LOVE*

A meio da noite, quando não tenho sono, ou quando tenho sono, mas há angústias que me invadem, e me tiram a vontade de dormir - como quando temos fome, mas uma qualquer angústia nos tira o apetite, ao ponto de termos vontade de vomitar a comida que (ainda) não comemos - clico no ficheiro "Woman in Love.mp3" [da pasta onde existem milhares de ficheiro sem qualquer nexo ou desejo de nexo (devia de estar em itálico - reconhecem alguém?)] de Barbra Streisand. E, enquanto fumo um cigarro, ou escrevo um post (este, no caso presente; muitos outros antes deste), ouço repetidamente "Life is a moment in space/ When the dream is gone/ It's a lonelier place..."
Ainda no que ao Amor concerne, não percam a série de posts "Bom Dia/ Boa Noite" que o Henrique tem vindo a publicar (pena que, ao contrário de outras séries, não tenha os links para os posts anteriores). E não, não me perguntem porque é que gosto da música; deve ser dos versos When the dream is gone/ It's a lonelier place...


Life is a moment in space
When the dream is gone
It's a lonelier place
I kiss the morning goodbye
Down inside, you know we never know why
The road is narrow and long
When eyes meet eyes
And the feeling is strong
I turn away from the wall
I stumble and fall
But I give you it all




I am a woman in love
And I'd do anything
To get you into my world
And hold you within
It's a right I defend
Over and over again
What do I do




With you eternally mine
In love there is no measure of time
We planned it all at the start
You and I live in each other's heart
We may be oceans away
You'll feel my love
I hear what you say
No truth is ever a lie
I stumble and fall
But I give you it all




I am a woman in love
And I'd do anything
To get you into my world
And hold you within
It's a right I defend
Over and over again
What do I do




I am a woman in love
And I'm talking to you
You know I know how you feel
What a woman can do
It's a right I defend
Over and over again




I am a woman in love
And I'd do anything
To get you into my world
And hold you within
It's a right I defend
Over and over again...

1 comentário:

  1. Uma canção bem velhinha, um clássico da música romântica.
    Um abraço.

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado