segunda-feira, 10 de março de 2008

Nós, os fracos, por razões óbvias, não somos falhados.*

É como se nós, os falhados, andássemos num sub-mundo subterrâneo, frio, escuro e bolorento preocupados com pequenas merdinhas ("era porreiro que o dinheiro durasse até ao fim do mês...") enquanto que, lá em cima, os outros se passeiam alegremente alheios às miséria subterrâneas. É que o chão que nos divide é um espelho unidireccional: os de baixo conseguem ver os de cima mas os de cima só se conseguem ver a si próprios.
Antigamente andava preocupado com esse povo subterrâneo mas por estes dias, se me visse à superfície, passava a vida a olhar para baixo com um sorriso filho da puta, certo que alguém, naquele preciso momento olhava para cima com inveja. [MDA, inblog Thunder Road]
*de um post no mesmo blog [aqui].

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado