quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Aguasfurtadas*

A continuação da revista Aguasfurtadas está ameaçada pelo problema que parece nunca deixar de atacar as publicações literárias: a falta de dinheiro. Por esse motivo, e no intuito de, pelo menos, tentar adiar o seu fim, vai ser promovida uma venda de obras de arte. Está a ser pedida a colaboração de todos os autores, das mais diversas áreas (fotografia, ilustração, pintura, música, literatura ou outras), que queiram contribuir, doando um pequeno trabalho, a ser vendido pelo preço unitário de 20 euros ao primeiro comprador interessado. Procura­‑se, desse modo, obter as verbas necessárias para a edição do número 11 da revista. Quem, no domínio da literatura, quiser colaborar, deverá enviar um texto manuscrito (poema, microconto, aforismo, excerto de romance ou outro género) numa folha A4, devidamente assinado, não precisando sequer de ser um inédito. Pede­‑se o favor de fazerem chegar os trabalhos, até 22 de Fevereiro, à seguinte morada: Rui Manuel Amaral Rua Dr. Mário Vasconcelos e Sá, 163 – 2.º 4050-352 Porto A venda decorrerá a partir de 1 de Março, na Galeria do Jornal Universitário do Porto, no número 187 da Rua Miguel Bombarda, onde os trabalhos estarão expostos. Se alguém precisar de mais informações, pode escrever para sargadelosporto@gmail.com Mãos à obra. *[via Da Literatura]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado