segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

rascunho encontrado num caderno abandonado #47

O que importa o que ficou para trás?
Se eram sonhos, se eram desejos -
Eram amplexos, eram beijos
Era o enlevo de um doce olhar
A ternura, o lento esgar
O adocicado trincar
De uma orelha, de um lábio -
Se eram, ficaram as mágoas
De uma lágrima o triste quebrar
Sobre as pétalas de uma flor
O secar de todas as ilusões -
Um corpo que percorria
O outro que tanto queria.


*Repito a nota deixada aqui: NOTA: Na realidade, estes textos que tenho vindo a publicar aqui, e que pretendo continuar, fazem parte de sete cadernos, e não um; assim, a partícula "num" no título desta série de posts, deve ser entendida como a aglutinação da preposição designativa de lugar "em", com o artigo indefinido "um", em que um são sete... Mas não posso garantir que os cadernos sejam todos do mesmo autor; eles foram encontrados numa casa abandonada.

rascunhos encontrados num caderno abandonado anteriores:
#1, #2, #3, #4, #5, #6, #7, #8, #9, #10, #11, #12, #13, #14, #15, #16, #17, #18, #19, #20, #21, #22, #23, #24, #25, #26, #27, #28, #29, #30, #31, #32, #33, #34, #35, #36, #37, #38, #39, #40, #41, #42, #43, #44, #45, #46,

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado