quinta-feira, 4 de outubro de 2007

o agasalho dos amantes

1.

Chovia
E mesmo assim
Nua
A tua pele
Junto à minha
Procurava
Freneticamente procurava
Não abrigo
Ou consolo
Agasalho
Ou carinho
Nem um fim
Nem um caminho
Procurava
Procurava-me simplesmente
A mim.

2 comentários:

  1. Caro André
    é damasiado bonito para que o nome do autor não seja divulgado...
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. aí está, divulgado, mais de um ano depois...

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado