domingo, 16 de setembro de 2007

a chuva sobre a infância*

Sempre que chove assim eu lembro-me dos gafanhotos. Não aqui, não em Luanda, claro, aqui nunca vi nada parecido. O meu pai, o velho Fausto Benedito, herdou, da avó materna, uma fazenda na Gabela. Íamos lá passar férias. Para mim era como visitar o paraíso. Brincava o dia inteiro com os filhos dos trabalhadores, mais um ou outro menino branco, dali mesmo, meninos que sabiam falar quimbundo. Fazíamos guerras entre índios e caubóis, com chifutas e lanças que nós mesmos fabricávamos, e até com espingardas de pressão de ar, eu tinha uma, um outro menino tinha outra, que carregávamos com maças-da-índia. A maça-da-índia, não deves conhecer, é um fruto pequenino, vermelho, mais ou menos do tamanho de um chumbo. Davam óptimas balas porque ao acertarem no alvo desfaziam-se, pluf!, manchando a roupa da vítima como se fosse sangue. (...) Lembro-me das tardes em que choviam gafanhotos. O horizonte escurecia. Os gafanhotos caíam atordoados no capim, primeiro um ali, depois outro acolá, e eram logo, logo, devorados pelos pássaros. A escuridão avançava, cobria tudo, e no instante seguinte transformava-se numa coisa ansiosa e múltipla, num zumbido furioso, num alvoroço, e nós corríamos para casa, a procurar abrigo, enquanto as árvores perdiam as folhas e o capim desaparecia, em poucos minutos, devorado por aquela espécie de incêndio vivo. No dia seguinte tudo o que era verde tinha desaparecido. Fausto Benedito contava que viu desaparecer assim, devorada pelos gafanhotos, uma carrinha verde. Deve ser exagero. *José Eduardo Agualusa, In. O Vendedor de Passados (Publicações Dom Quixote, edição booket, pp. 105-106). O título do post é o título do capítulo de onde este excerto foi retirado.

1 comentário:

  1. Essa infância, cheia de amigos, convívio e engenho, foi a nossa infância.

    A infância, hoje, parece amestramento, normalização, padronização. Temamos pelas infâncias que hoje se promovem.

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado