quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Beauty*

O malmequer que arrancaste Deu-te nada no seu fim, Mas o amor que me arrancaste, Se deu nada, foi a mim. Fotografia: *Beauty, de Dário Santos. Poema: quadra de Fernando Pessoa.

3 comentários:

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado