quarta-feira, 24 de janeiro de 2007

síndrome monárquico-religioso

A República Polaca quer "eleger" Jesus Cristo para o cargo de Rei, ocupando assim o cargo ao lado de sua mãe, Virgem Maria, que reina há 350 anos.
A piedosa decisão parlamentar transforma a Polónia numa república para lamentar. Aquilo não é um País, é um santuário; não é uma república é um sucursal do Vaticano; as pessoas não vivem de pé, viajam de joelhos; os deputados não legislam, rezam; não procuram resolver os problemas do país, procuram a salvação da alma.
(...)
Ter à frente do país um pregador de feiras e mercados, morto há dois mil anos e pregado num sinal mais, não é fruto de uma eleição é o resultado de uma alucinação. Não é um caso político é um problema de psiquiatria.
(...)
Pode ler este post completo no Diário Ateísta.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado