quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

pela liberdade de expressão; pelo direito a rir

Sube, através do blog Diário Ateísta, que o director do semanário marroquino Nichane, e o responsável por um dossier de anedotas, foram condenados a três anos de prisão (suspensa) e a uma multa de 80 000 dirhams (7 200 euros) por «atentar contra a religião islâmica» e por «publicação e distribuição de escritos contrários à moral».
A Associação República e Laicidade participa numa campanha de solidariedade para com os jornalistas, que lutam pela liberdade de expressão, contra a censura, e pelo direito a rir de tudo, incluindo o Islão e o rei de Marrocos. Pode-se assinar uma petição electrónica de solidariedade, ou escrever uma carta ao embaixador de Marrocos em Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe o seu comentário. Tentarei responder a todos. Obrigado